sexta-feira, 11 de julho de 2008

Cordel e Sertão (Mundim do Vale)

O SERTÃO CANTADO EM CORDEL
Novamente MundoCordel conta com a generosidade do poeta Mundim do Vale, que nos enviou a poesia:
O SERTÃO QUE GENTE MORA
Mundim do Vale

Eu nasci lá no sertão
Onde enterrei meu umbigo
Não deixei lá inimigo
Porque sou bom cidadão.
Considerei cada irmão
E não desejei piora
Porque prefiro a melhora
Daquele que tá doente.
Gostei de todo vivente
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

Eu tive que me afastar
Para um lugar diferente
Mas guardo como um presente
As coisas do meu lugar.
O dia para voltar
Não sei se é logo agora
Ou se ainda demora
Porque Deus é quem me guia.
Mas me lembro todo dia
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

Na T.V. Educativa
O vate Dílson Pinheiro
Valoriza o violeiro
E a rima do Patativa.
A produção criativa
Não joga cultura fora
Tanto que busca melhora
Pesquisando pelo mato.
Depois exibe o retrato
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

O bom Carneiro Portela
Da cultura é resistente
Fala de seca e enchente,
De porteira e de cancela.
Fala de pua e sovela,
De sarampo e catapora,
De sertanejo indo embora,
De lapinha e santuário.
E faz todo o seu cenário
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

Geraldo Amâncio Pereira
Promotor de festival
É um ícone cultural
Da poesia brejeira.
Repentista de primeira
Defensor de fauna e flora
Hoje em dia comemora
Seu sucesso no estrangeiro.
Mas Geraldo é um herdeiro
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

Foi do sertão que surgiu
O poeta Zé Maria
Que vem trazendo alegria
Para o resto do Brasil.
Foi ele que conduziu
Por este mundão a fora
Um grupo que hoje explora
A cultura cristalina.
É a Batuta Nordestina
DO SERTÃO QUE A GENTE MORA.

11 comentários:

  1. mto escroto essa porra d cordel num tem coisa melhor nesse kralhoO' ainda tem q fazer trabalho sobre essa porcaria

    BY : SASHA E ADRIELLY

    ResponderExcluir
  2. Fala serio se vcs não gostaram vão pra outra pagina deve ser 2 patricinhas ou putinhas desisteressadas ke botam defeito ate nas prega do cu SUHSUHSUHSUSUSH'
    Nao ker fazer nao faz ou tu tem medo de mostrar pro professor kem tu é.

    ResponderExcluir
  3. ola opra todos eu sou maria eugenia amenina mais bonita e maravilhosa do brasilllllllll

    ResponderExcluir
  4. adorei otimo mim ajudou na atividade do colégio

    ResponderExcluir
  5. muito longo nen da vontade de ler

    ResponderExcluir
  6. oi voltei pq esqueci de falar que ainda nao sei oqe é un cordel

    ResponderExcluir
  7. Caro Anônimo deste 3 de outubro,
    é uma pena que você ache longo demais para ler.
    Assim, vai ser difícil entender o que é cordel.

    ResponderExcluir
  8. gostei do cordel...

    pq tem estrofes q rimam
    achei massa esse cordel...

    ResponderExcluir
  9. Sr. Anônimo, em primeiro lugar você tem que ter uma identidade para poder questionar o cordel e em segundo lugar, eu não pedi a sua vulgar opinião.

    ResponderExcluir
  10. muito show muito bom!

    ResponderExcluir