quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Patativa do Assaré



PATATIVA DO ASSARÉ NÃO ERA ANALFABETO

Há alguns posts passados, mencionei aqui que
o poeta Arievaldo Viana teria dito em entrevista que Patativa não era analfabeto. Hoje, trago trecho do livro CORDÉIS, de Patativa do Assaré, o qual é iniciado com um texto de Luiz Tavares Júnior – professor do Curso de Mestrado em Letras da Universidade Federal do Ceará – no qual o autor confirma essa afirmação de Arievaldo:

“Embora sua instrução formal tenha sido muito diminuta, seu contato com os livros foi constante e permanente, tendo convivido intensamente com a poesia de Gonçalves Dias, Casimiro de Abreu, Castro Alves e a prosa de Coelho Neto, como afirma Luzanira Rego, a partir de uma visita à casa do poeta, ao se deparar com os livros desses escritores; e Rosemberg Cariry vai um pouco mais além, ao enunciar: ‘Patativa é homem que sabe ler, de muitas leituras e informações sobre o que acontece no mundo (...). Basta dizer que, mesmo quando Patativa era violeiro e encantava os sertões com o som de sua viola e a beleza de seus versos de repente, já estudava o tratado de versificação de Guimarães Passos e Olavo Bilac e lia Os Lusíadas’. Em face dessas afirmações e, se acrescentarmos que, de fato, estamos diante de uma pessoa de inteligência invulgar e espantosa memória, como sempre afirmam seus biógrafos, haveremos facilmente de compreender a grandiosidade de seu engenho e arte no manejo do verso e na criação de sua poesia, atestado por quantos se aproximam de sua obra, aqui, no Brasil, como no estrangeiro”.

Percebe-se, portanto, que Patativa agia deliberadamente quando escrevia na forma matuta presente em Aos Poetas Clássicos:

Poetas niversitário,
Poetas de Cademia,
De rico vocabularo
Cheio de mitologia;
Se a gente canta o que pensa,
Eu quero pedir licença,
Pois mesmo sem português
Neste livrinho apresento
O prazê e o sofrimento
De um poeta camponês.

O fato é que Patativa foi realmente um fenômeno, desses que aparecem a cada século, quando muito. Basta fazer uma pesquisa com o nome “Patativa do Assaré” no Google para ver a imensa quantidade de páginas que se dedicam a ele. Eu, aliás, fiz isso hoje, e achei coisas interessantíssimas, como, por exemplo, o estudo
“Relações entre Estética, Hermenêutica, Religião e Arte”, de Cristiane Moreira Cobra.
Também encontrei o divertido poema da Prefeitura sem Prefeito:

PREFEITURA SEM PREFEITO
Nessa vida atroz e dura
Tudo pode acontecer
Muito breve há de se ver
Prefeito sem prefeitura;
Vejo que alguém me censura
E não fica satisfeito
Porém, eu ando sem jeito,
Sem esperança e sem fé,
Por ver no meu Assaré
Prefeitura sem prefeito.

Por não ter literatura,
Nunca pude discernir
Se poderá existir
Prefeito sem prefeitura.
Porém, mesmo sem leitura,
Sem nenhum curso ter feito,
Eu conheço do direito
E sem lição de ninguém
Descobri onde é que tem
Prefeitura sem prefeito.
Ainda que alguém me diga
Que viu um mudo falando
Um elefante dançando
No lombo de uma formiga,
Não me causará intriga,
Escutarei com respeito,
Não mentiu este sujeito.
Muito mais barbaridade
É haver numa cidade
Prefeitura sem prefeito.

Não vou teimar com quem diz
Que viu ferro dar azeite,
Um avestruz dando leite
E pedra criar raiz,
Ema apanhar de perdiz
Um rio fora do leito,
Um aleijão sem defeito
E um morto declarar guerra,
Porque vejo em minha terra
Prefeitura sem prefeito.

A sua morte, em 08 de julho de 2002, deixou órfãos todos os poetas populares do Brasil. O poeta cearense Dideus Sales, em seu livro Veredas de Sol, retrata bem esse sentimento, no poema:

O VÔO DO PATATIVA

O sertão está de luto,
Sem sinfonia a aurora,
Pois a ave que cantava
O povo, a fauna e a flora
Sem sequer nos dar adeus
Alçou vôo e foi embora.

Calejado pelos anos,
Com noventa e três de idade
Mas com plena lucidez,
Muita sensibilidade.
Sua ausência nos cobriu
Com o véu frio da saudade.

Deu voz a uma lçegião
De rurícolas sem clareza;
Até falando em desgraça,
Seu canto tinha beleza
Porque recebeu as aulas
Do Mestre da natureza.

Sua poesia jorrou
Na viola e no repente,
Cantou saudade e tristeza
Miséria, seca e enchente.
Sua obra o transformou
Num símbolo da nossa gente.

Puro e simples como a flor,
Um gênio da raça humana,
Viveu como lavrador,
Morando numa choupana
Plantando e colhendo versos
Lá na terra de Santana.

Mesmo sem ter estudado
Não se fez ignorante,
Nutria um amor telúrico
Por seu torrão escaldante
Onde fez Triste Partida
A saga do retirante.

Sempre lutou para o povo
Não ser massa de manobra,
Teve humildade em excesso
Teve inspiração de sobra.
Não há quem saiba estimar
O valor de sua obra.

Mais que um poeta-maior
Um vate fenomenal,
Poesia genuína,
Improviso natural
Fazia das rimas arma
Na defesa social.

Cantou nossa gente simples
Do sertão com maestria;
Defendendo as injustiças,
Protestando a covardia,
Sua arma era o verso,
Munição, a poesia.

Guardo viva a sua imagem
Fazendo versos com esmero,
Glosando com muita prática,
Rimando sem exagero
Que da poética matuta
Só ele tinha o tempero.

Sua mensagem profética
Encheu o sertão de amor,
Sua genialidade
Trouxe a lume o seu valor,
O sertão chora a saudade
Do seu eterno cantor.

Voa, Patativa, voa
Para o céu de Jeová.
Vou ficando por aqui
Poetizando o Ceará.
Você no céu, eu na terra,
Cante lá que eu canto cá.

69 comentários:

  1. Dediquei um poema meu ao Genial Patativa que se chama "Petulância" vocês podem ouvir em http://www.charlesvalente.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse cordel do vôo da patativa e muito bonito

      Excluir
    2. e muito legal o vôo de patativa

      Excluir
    3. com certeza onão só o sertão ficou orfão, a literatura também,a beleza do verso desse mestre sem igual, nos deixou mal costumado, pois viajar em seus versos,é maravilhoso, a transparencia e a simplicidade do grande nos desarma, e nos entregamos á essa viagem maravilhosa de seus versos.

      Excluir
  2. Tem homenagem ao centenário de Patativa do Assaré em São Paulo, de 3/3 a 5/4. A mostra vai ser na Casa das Rosas, em plena Av. Paulista. Depois vai se tornar itinerante e ficar em várias estações do metrô. Bacana, né?
    um abraço, Sandra

    ResponderExcluir
  3. o cordel e unico não a gente igual a ele eu o adimiro

    ResponderExcluir
  4. o cordel do patativa é um dos melhores nunca vi igual!!!

    ResponderExcluir
  5. PATATIVA ESTA SENDO FONTE DE ESTUDO PARA DASENVOLER LEITURA E ESCRITA AOS MEUS ALUNOS. PARABÉSN PELO RICO TRABALHO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tô fazendo um trabalho sobre os cordeis dele.

      Excluir
  6. patativa do assaré era um poeta magnifico com sua arte como poeta encantava as pessoas eu que sou um aluno de uma escola estou encamtado se a professora mandar fazer uma pesquisa sobre ele lerei todas as poesia e selecionar as melhores como essaPoetas niversitário,
    Poetas de Cademia,
    De rico vocabularo
    Cheio de mitologia;
    Se a gente canta o que pensa,
    Eu quero pedir licença,
    Pois mesmo sem português
    Neste livrinho apresento
    O prazê e o sofrimento
    De um poeta camponês como ele devia ser uma otima pessoa meu nome e pedro e adorei esse saite.

    ResponderExcluir
  7. patativa do assare escravel uma poesia magnifica a poesia é assim.

    Poetas niversitário,
    Poetas de Cademia,
    De rico vocabularo
    Cheio de mitologia;
    Se a gente canta o que pensa,
    Eu quero pedir licença,
    Pois mesmo sem português
    Neste livrinho apresento
    O prazê e o sofrimento
    De um poeta camponês.

    essa poesia é muito legal meu nome é rafael m. gomes

    ResponderExcluir
  8. BENEDITO MAURICIO MULLER15 de junho de 2010 05:31

    SOU UM APAIXONADO POR PATATIVA,POIS DESDE MUITO JOVEN JA CURTIA SEUS POEMAS.COMO TODO GENIO SEUS ESCRITOS SE ETRNIZAM. COMO POR EXEMPLO PREFEITURA SEM PREFEITO.APESAR DE SÓ AGORA TER UM MAIOR CONTATO COM SEUS ESCRITOS ATRAVEZ DA INTERNET,A GENTE SE SENTE MAIS LEVE ESPIRITUALMENTE QUANDO TEM CONTATO COM SUA POESIA. EU SOU BENEDITO MAURICIO,FUNCIONARIO PUBLICO .

    ResponderExcluir
  9. Oi!meu nome e Rhanna tenho 10 anos,estou na 4 sére no meu colegiu estamos realizando uma campanha CORDEL NA ESCOLA nós tem a maioria dos seu cordel bjs

    ResponderExcluir
  10. Oiii , eu sou a Clara , adorei os cordéis !
    A iniciativa é muito legal !

    ResponderExcluir
  11. O CORDEL DO PATATIVA É O QUE MAIS RETRATA O POVO NORDESTINO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cordel arretado de bom . com certeza ...

      Excluir
  12. eu gosto do seu cordel na escola, nos estamos trabalhando sobre isso

    ResponderExcluir
  13. vaca estrela e boi fuba otimo o melhor de todos eu amei Caroline Azzam Email:carolazzam@hotmail.com e carolinrazzam@terra.com.br

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho 10 anos e sou da Argentina mas moro em bahia itacaré eu moro aqui mas eu bou a escola ESPACO EDUCAR e eu estou estudando sobre ele e preciso que alguem escreva curiocidades para mostrar para minha profesora Daniela, bom so isso obrigada.

    Catalina Peruzzotti Anchart.

    ResponderExcluir
  15. Catalina, fico feliz com sua visita a este Mundo Cordel. Acho que só o fato de Patativa não ser analfabeto já é uma curiosidade, mas, se você quiser mais algum detalhe, escreva para meu e-mail: marcos.mairton@uol.com.br.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  16. Nosssa estou amando a site estou estudando sobre isso na escola achei muito legal

    ResponderExcluir
  17. Adorei o jeito que vocÊ fez essa omenagem ao poeta Patativa do Assaré

    ResponderExcluir
  18. Obrigado. Patativa merece todas as homanagens.

    ResponderExcluir
  19. Edson Mário C Ribeiro8 de setembro de 2010 16:15

    Patativa do Assaré foi um encanto do Sertão com suas poesias cordelistas. Foi um homem que não conheceu a Universidade, mas foi considerado
    Doutor nas construções de suas poesias.
    Sou Sertanejo, Nordestino, graduado em filosofia e estudante de Letras da Universidade da Bahia e me orgulho em fazer parte do povo sertanejo e nordestino, em que viveu Patativa do Assaré.

    ResponderExcluir
  20. oi eu sou sandy lara, gostei muito dos cordéis assim pode me ajudar em um trabalho que eu tenho que fazer, muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  21. stephanie cordeiro14 de outubro de 2010 13:27

    patativa é uma talento unico .

    ResponderExcluir
  22. Patativa e sua gente e mestre da poesia e glorioso homem nordestino.

    ResponderExcluir
  23. Patativa do Asaré nome marcante em questao de poesia bem como sou uma criança nao tenho muito a falar mas acho simplismente facinante oque esse homem fez ao logo de sua vida...

    ResponderExcluir
  24. Muito bom o seu trabalho e a sua inspiração por cordel

    ResponderExcluir
  25. Caro amigo
    Precisava muito de algo sobre Patativa e reproduzi essa perola do Prefeito, quero agradecer a oportunidade de mais uma vez ler sobre esse grande Nordestino.
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Estou querendo fazer um programa de rádio escola com o tema Patativa do Assaré e seu cordel. Se alguém tiver uma ideia escreva para mim, ficarei muito agradecido.
    vava_russo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  27. adoro as poesias,apesar de só agora está conhecendo o trabalho dele.
    Patativa é uma espiração pra mim.
    Muito bom.
    Obrigada pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
  28. oi meu nome é Mercedes e sou professora de língua potuguesa da escola:'E.E. Manoel ignácio da Silva' em hortolândia!Suas poesias de cordel me ajudaram muito ano passado e continua me ajudando muito durante esse ano!!!
    Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  29. Ótimo saber disso, Merdeces! Continue à vontade para buscar material neste Mundo Cordel.

    ResponderExcluir
  30. esse carra éra muito importante pois e muito cnhecido

    ResponderExcluir
  31. patativa do Assare ja vei pra minha cidade que é Sobral♥.♥

    ResponderExcluir
  32. Nas minhas pesquisas,Patativa do Assaré sempre esteve presente, sua linguagem de fácil compreenssão me proporciona maoir habilidade quando estou compondo, e busco na simplicidade das palavras do Poeta me expressar com clareza, sobre quaquer tema.

    Salvador,17 de Maio de 2011

    Rosa Bahiana

    ResponderExcluir
  33. preciso fazer um cordel queria dica de como faze-lo

    ResponderExcluir
  34. nossa quem plublicou e bem e muito esperto
    e achei muito legal

    ResponderExcluir
  35. E quando oSol brilha bem alto
    que de tão quente racha o chão
    queimando o rosto curtido
    do caboclo do Sertão
    na sombra de um mandacaru
    o alento da solidão
    Rogo DEUS que mande chuva
    pra molhar o meu Sertão
    e a chuva vem e enche a caçimba
    molha minha plantação
    mata a sede de meu gado
    alegra meu coração
    e aí eu canto : ê vida dura ,mesmo assim sou feliz. Adjiberu

    ResponderExcluir
  36. Adoro cordeis ,patativa do assare era um genio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lindo isso ai me ajudou bastande no meu trabalho de portugueis

      Excluir
  37. Oh meu querido paii. Qurido paii q faleceu............ Chorei e Chorei. E meu nome é marie do assaré

    ResponderExcluir
  38. patativa do assare foi um homen muito coragoso de enfrentar a vida fazendo cordeis, poemas e cançoes porque todos os poemas que li eram maravilhosamente bonito sem falar dacançoes e dos cordeus pois pra min ele foi um homen que se destacou com suas poesias.

    ResponderExcluir
  39. cordel e uma linda cançao ele mrece todas homenagens possiveis

    ResponderExcluir
  40. ele foi mas sempre sera um autor de cordel esselente pois seus fas sempre vao adora os seus cordeis

    ResponderExcluir
  41. eu não gosto de poema de cordel eu só entrei na página porque tenho um trabalho e é muito grande esses cordeis

    ResponderExcluir
  42. é bem legal esse sitee..

    ResponderExcluir
  43. le foi mas sempre sera um autor de cordel esselente pois seus fas sempre vao adora os seus cordeis

    ResponderExcluir
  44. Patativa é apaixonante, sua poesia nos faz ver o sertão sem mascaras ele nos deixa extasiados com tanta pureza ao cantar o sertão. Seu lugar foi garantido ao lado dos imortais.

    ResponderExcluir
  45. patativa do assare o mestre dos cordeis

    ResponderExcluir
  46. gostei muito desses poemas, muito bom.

    ResponderExcluir
  47. o voo da patativa e mais que lindo e maravilhoso

    ResponderExcluir
  48. gostei muito dos poemas!!

    ResponderExcluir
  49. Muito bom !!

    Tive uma prova sobre o poema O VÔO DO PATATIVA e tirei 9 :p

    Grande cordelista nordestino

    ResponderExcluir
  50. essa poesia é muito legal e ele foi inteligente

    ResponderExcluir
  51. Muito bonito mesmoesse voo de patativa

    ResponderExcluir
  52. eu e você precisamos
    de versos para viver
    com Deus e o Pai Eterno
    basta somente crer

    ResponderExcluir
  53. patativa do assare disse que as agua corre dos oios quando a boiada passa
    oxenti

    ResponderExcluir
  54. Tenho orgulho de ser Cearence lá de Reriutaba!

    ResponderExcluir
  55. certa vez perguntaram a patatita se ele tinha medo da morte,então ele respondeu:
    cachingando cego e surdo,
    sem ver e sem esta ouvindo
    pra mim não é absurdo,
    vou meu caminho seguindo
    nunca pensei em morrer,
    quem morre cunpre um dever,
    quando chegar o meu fim,
    eu sei q a terra me come,
    mas fica vivo o meu nome,
    para os q gostam de mim!!!

    e e verdade isso q ele disse , não pude conhecelo ,mas nn sei por que sinto falta dele!!!! meu nome e rodrigo

    ResponderExcluir
  56. q massaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir